sábado, 29 de agosto de 2009

  • Evitar infecção por influenza

  • Lavar as mãos com água e sabão( depois de tossir ou espirrar;depois de usar o banheiro, antes de comer, antes de tocar os olhos, boca e nariz).
  • Evitar tocar os olhos ,nariz ou boca após contato com superfícies.
  • Usar lenço de papel descartável.
  • Proteger com lenços a boca e nariz ao tossir ou espirrar.
  • Orientar para que o doente evite sair de casa enquanto estiver em período de transmissão da doença ( até cinco dias após o início dos sintomas).
  • Evitar aglomerações e ambientes fechados( deve-se manter os ambientes ventilados).
  • Manter o ambiente doméstico arejado e com luz solar,pois isso ajuda a eliminar os possíveis agentes das infecções respiratórias.
  • Manter os hábitos saudáveis ,como alimentação balanceada, ingestão de líquidos e atividades física.
Fonte : Ministério da Saúde

CHÁS PARA ELIMINAR INCHAÇO.

As ervas melhoram a digestão, reduzem a ansiedade, afastam a insônia e ajudam a perder peso. Quer mais?

A ingestão de chás deve ser aliada a uma dieta saudável. Assim, as ervas agem no corpo de maneira mais eficaz.

CONFIRA ALGUMAS DICAS:

• Chá de oliveira: melhor que abdominal!
- Efeito:
Age nas gordurinhas que insistem em aparecer na região da barriga.
- Como usar:
Beba 3 ou 4 xícaras por dia. Se for combinado a uma alimentação correta, esse chá garante a perda de até 10% da circunferência do abdômen. Valem três dicas de ouro: não adoce, faça um chá fresco a cada dia e varie o sabor adicionando algumas folhas de hortelã ou cascas de abacaxi. Esses alimentos mudam o sabor, mas não alteram os benefícios.

• Canela com gengibre: Acelera o metabolismo
- Efeito:
Os dois são alimentos termogênicos - ou seja, aceleram o metabolismo e ajudam a queimar calorias. Esse chá dá energia e melhora a disposição para enfrentar o dia!
- Como usar:
No inverno, tome o chá bem quentinho; no verão, bata com pedras de gelo. Você vai precisar de 5 litros de água, 1 pau de canela e 2 rodelas de raiz de gengibre. Ferva a água, coloque a canela e o gengibre, deixe por mais uns minutinhos e sirva.

• Dente-de-leão: Diurético
- Efeito:
Tem ação diurética, diminuindo a retenção de líquido. Também melhora o funcionamento do intestino.
- Como usar:
Consuma de 3 a 4 copos por dia, meio copo antes de cada uma das refeições principais. No final do dia, o dente-de-leão prolonga a sensação de saciedade, combatendo a fome noturna. Ferva 2 copos de água e, quando estiver em ebulição, adicione um punhado de dente-de-leão. Deixe em fogo brando por cinco minutos, coe e beba ainda quente.

• Carqueja: turbina qualquer dieta
- Efeito:
Dá uma turbinada na dieta, mandando embora as toxinas. É indicado para quem tem colesterol alto.
- Como usar:
Adicione 2 cols. (sopa) da erva em 1 litro de água fervente. Abafe por alguns minutos, coe e beba sem adoçar.

• Chá de hibisco: Desincha
- Efeito:
Reduz a gordura e a retenção de líquidos. Combate os radicais livres, protegendo a pele do envelhecimento precoce.
- Como usar:
4 vezes ao dia, entre as refeições. É vendido na versão desidratada, em lojas do ramo, ou sachê, em supermercados. Ferva 1  litro de água e coloque 1 col. (sopa) de hibisco. Ferva por mais cinco minutos, coe e tome.

Quentes, mornos ou gelados, os chás são tiro e queda para quem precisa eliminar o inchaço e perder peso. "As infusões instantâneas têm um resultado maravilhoso nos programas de emagrecimento", orienta o fitoterapeuta André Rezende, autor do livro O Poder das Ervas (ed. Ibrasa).

FONTE;: Revista - AnaMaria

Vírus longe!!!

Aprenda a reforçar seu Sistema Imunológico

O melhor que você pode fazer é reforçar o seu sistema imunológico através de uma alimentação correta e saudável, no sentido de manipular sua imunidade, preparando as células brancas do sangue (neutrófilos) e os linfócitos (células T) as células B e células matadoras naturais. Essas células B produzem anticorpos importantes que correm para destruir os invasores estranhos, como vírus , bactérias e células de tumores. As células T controlam inúmeras atividades imunólogicas e produzem duas substâncias químicas chamadas Interferon e Interleucina, essenciais ao combate de infecções e de tumores.

Abaixo tem uma relação de alimentos que são importantes, pois estimulam a ação do sistema imunológico e potencializam seu funcionamento.

·- Antes de mais nada, tome pelo menos um litro e meio de água por dia, pois os vírus vivem melhor em ambientes secos e manter suas vias aéreas úmidas desestimulam os vírus. Não tome gelado, sempre preferindo água natural e de preferência água mineral de boa qualidade.
·- Não tome leite, principalmente se estiver resfriado ou com sinusite, pois produz muito muco e dificulta a cura.
·- Use e abuse do iogurte natural, um excelente alimento do sistema imunológico.
·- Coloque bastante cebola na sua alimentação.
·- Use e abuse do alho que é excelente para o seu sistema imunológico.
·- Coloque na sua alimentação alimentos ricos em caroteno (cenoura, damasco seco, beterraba, batata doce cozida, espinafre cru e couve) e alimentos ricos em zinco (fígado de boi e semente de abóbora).
·- Faça uma dieta vegetariana (vegetais e frutas).
·- Coloque na sua alimentação salmão, bacalhau e sardinha.
·- O cogumelo Shiitake também é um excelente anti-viral, assim como o chá de gengibre que destrói o vírus da gripe.
·- Evite ao máximo alimentos ricos em gordura (deprimem o sistema imunológico), tais como carnes vermelhas e derivados.
·- Evite óleo de milho de girassol ou de soja que são óleos vegetais poli-insaturados.

Importante: Mantenha suas mãos sempre bem limpas e use fio dental para limpar os dentes, antes da escovação.

Com esses cuidados acima e essa alimentação, os vírus com certeza nem chegarão perto de você.

Essa é uma pequena contribuição para você enfrentar essa e qualquer gripe que porventura apareça no seu caminho.

Colaboração:
Prof. Dr. Odair Alfredo Gomes - Infectologista
Faculdade de Medicina – UNAERP

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

ESFORÇO!!!

Certo dia, um homem caminhava por uma estrada deserta e começou a sentir fome. Não estava prevenido, pois não sabia que a distância que ia percorrer era longa.
Começou a prestar atenção na vegetação ao longo do caminho, na tentativa de encontrar alguma coisa para acalmar o estômago.
De repente notou que havia frutos maduros e suculentos em uma árvore. Aproximou-se mas logo desanimou, pois a árvore era muito alta e os frutos inacessíveis.
Continuou andando e foi vencido pela fome e o cansaço. Sentou-se na beira do caminho e ficou ali lamentando a sorte.
Não demorou muito e ele avistou outro viajante que vinha pelo mesmo caminho. Quando o viajante se aproximou, o homem notou que ele estava comendo os frutos saborosos que não pudera alcançar e lhe perguntou:
- Amigo, belo fruto você encontrou.
- É, respondeu o viajante. Eu o encontrei no caminho, a natureza é pródiga em frutos suculentos.
- Mas você tem a pele machucada, observou o homem.
- Ah, mas isso não é nada! São apenas alguns arranhões que ficaram pelo esforço que fiz ao subir na árvore para colher os frutos.
E o homem, agora com mais fome ainda, ficou sentado resmungando, de estômago vazio, enquanto o outro viajante seguiu em frente.
Algumas vezes, fatos como esse também ocorrem conosco.
Ficamos sentados lamentando o sofrimento mas não abrimos mão da acomodação para sair em busca da solução.
Esquecemos que é preciso fazer esforços, lutar, persistir.
É muito comum ouvir pessoas gritando por um “lugar ao sol”, mas as que verdadeiramente querem um lugar ao sol, trazem algumas queimaduras, fruto da luta pelo ideal que almejam.
Outras, mais acomodadas, dizem que Deus alimenta até mesmo os pássaros. Por que não haveria de providenciar o de que necessitam?
Essas estão certas, em parte, pois se é verdade que Deus dá alimento aos pássaros, também é certo que Ele não o joga dentro do ninho.
O trabalho de busca pelo alimento é por conta de cada pássaro, e muitas vezes isso não é fácil. Há situações em que eles se arriscam e até saem com alguns arranhões.
Por essa razão, lembre-se sempre de que Deus a todos ampara, mas a caminhada, os passos, a busca, é por conta de cada um.
Por vezes a escalada é árdua, exaustiva, solitária. Mas é preciso fazer esforços para alcançar o fruto desejado.

EU TEMIA!!!

Eu temia ficar sozinha
Até que aprendi a gostar de mim mesma.
Eu temia fracassar
Até perceber que só fracasso se desistir.
Eu temia o que as pessoas pudessem pensar de mim
Até perceber que o que conta realmente é o que eu penso de mim mesma.
Eu temia ser rejeitada
Até perceber que devo ter fé em mim mesma.
Eu temia a dor
Até perceber que o sofrimento só me ajuda a crescer.
Eu temia a verdade
Até descobrir a fealdade de uma mentira.
Eu temia a morte
Até aprender que a morte não é um fim mas um começo.
Eu temia o ódio
Até aprender que o ódio é apenas “ignorância”
Eu temia o ridículo
Até aprender a rir de mim mesma.
Eu temia ficar velha
Até compreender que ganho sabedoria a cada dia que passa.
Eu temia ser ferida nos meus sentimentos
Até aprender que ninguém consegue me ferir sem a minha permissão.
Eu temia a escuridão
Até entender a luz e a beleza de uma estrela.
Eu temia mudanças
Até perceber as mudanças por que tem de passar uma bela borboleta antes de poder voar.
Acima de tudo aprendi que não vale a pena temer nada, pois vou enfrentar cada obstáculo à medida que aparecer na minha vida, com coragem e confiança pois…
No final existirá sempre mais uma esperança…
Se vivermos a vida sem temor!

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

CONHECIMENTO E SABEDORIA.


Dois discípulos procuraram um mestre para saber a diferença entre Conhecimento e Sabedoria.

O mestre disse-lhes:
Amanhã, bem cedo, coloquem dentro dos sapatos vinte grãos de feijão, dez em cada pé.
Subam, em seguida, a montanha que se encontra junto a esta aldeia, até o ponto mais elevado, com os grãos dentro dos sapatos.
No dia seguinte os jovens discípulos começaram a subir o monte.
Lá pela metade um deles estava padecendo de grande sofrimento:
seus pés estavam doloridos e ele reclamava muito.
O outro subia naturalmente a montanha.
Quando chegaram ao topo um estava com o semblante marcado pela dor; o outro, sorridente.
Então, o que mais sofreu durante a subida perguntou ao colega:
- Como você conseguiu realizar a tarefa do mestre com alegria, enquanto para mim foi uma verdadeira tortura?
O companheiro respondeu:
- Meu caro colega, ontem à noite cozinhei os vinte grãos de feijão.
É comum que se confunda Conhecimento com Sabedoria, mas essas são coisas bem diferentes.
Se prestarmos atenção, podemos verificar que a diferença é clara e visível.
O Conhecimento é o somatório das informações que adquirimos, é a base daquilo que chamamos de Cultura.
Podemos adquirir Conhecimento sem sequer vivermos uma experiência fora dos livros e das aulas teóricas.
Podemos nos tornar Cultos sem sairmos da reclusão de uma biblioteca.
Já a Sabedoria, por outro lado, é o reflexo da vivência, na prática, quer pela experimentação, quer pela observação, da utilização dos conhecimentos previamente adquiridos.
Para se ser Sábio é preciso viver, experimentar, ousar, ponderar, amar, respeitar, ver e ouvir a própria vida.
É preciso buscar, sim, o conhecimento, a informação.
Deve-se atentar para não se tornar alguém fechado em si mesmo e no próprio processo de aprendizado.
Fazer isso é o mesmo que iniciar uma viagem e se encantar tanto com a estrada a ponto de se esquecer para onde se está indo.
E isso não parece ser uma atitude muito sábia.
Então, sejamos Sábios :
vivamos, amemos e compartilhemos o que há em nossos corações!

VIDA E PESSOAS!!!

Sua presença é um presente para o mundo.
Você é única e só há uma igual a você.
Sua vida pode ser o que você quer que ela seja.
Viva os dias, apenas um de cada vez.
Conte suas bênçãos, não os seus problemas.
Você os superará, venha o que vier.
Dentro de você há muitas respostas.
Compreenda, tenha coragem, seja forte.
Não coloque limites em si mesmo.
Muitos sonhos estão esperando para serem realizados.
As decisões são muito importantes para serem deixadas ao acaso.
Alcance o seu máximo, seu melhor, seu prêmio.
Não leve as coisas tão a sério.
Viva um dia de serenidade e não de arrependimento.
Lembre-se que um pouco de amor dura muito.
Dura sempre! Lembre-se que a amizade é um investimento sábio.
Os tesouros da vida são as pessoas.
Perceba que nunca é tarde demais.
Faça a coisa simples, de uma forma simples.
Tenha saúde.
Viva melhor.
Faça como os passarinhos.
Comece o dia cantando. A música é o alimento para o espírito.
Cante qualquer coisa, cante desafinado, mas cante!
Cantar dilata os pulmões e abre a alma para tudo
de bom que a vida tem por oferecer.
Se insistir em não cantar, ao menos ouça muita música
e deixe-se absorver por ela.
Ria da vida. Ria dos problemas. Ria de você mesmo.
Ria das coisas boas que lhe acontecem.
Ria das besteiras que fez. Ria abertamente para que todos
possam se contagiar com a sua alegria.
Não se deixe abater pelos problemas.
Se você se convencer de que está bem,
vai acabar acreditando e se sentindo bem.
O bom humor, assim como o mau humor, é contagiante.
Qual deles você escolhe?
Leia coisas positivas. Leia bons livros, poesias,
pois a poesia é a arte de aceitar a alma.
Pratique algum esporte.
O peso da cabeça é muito grande
e ter que ser contrabalançado com alguma coisa.
Você certamente vai se sentir bem disposta,
mais animada e mais jovem.
Encare suas obrigações com satisfação.
É maravilhoso quando se gosta do que faz.
Ponha amor em tudo o que estiver ao seu alcance.
Quando for fazer alguma coisa, mergulhe de cabeça.
Não viva emoções mornas, próprias de pessoas mornas.
Não deixe as oportunidades que a vida oferece. Elas não voltam.
Nenhuma barreira é intransponível se você estiver disposto a lutar.
Não deixe que os problemas acumulem. Resolva-os logo! Fale.
Converse. Escute. Brigue.
O que mata é o silêncio e o rancor.
Exteriorize tudo, deixe que as pessoas saibam que você as estima,
as ama, precisa delas, principalmente em família.
Amar não é vergonha.

CRESCER!

Impossível atravessar a vida …
Sem que um trabalho saia mal feito,
sem que uma amizade cause decepção,
sem padecer com alguma doença,
sem que um amor nos abandone,
sem que ninguém da família morra,
sem que a gente se engane em um negócio.
Esse é o custo de viver.
O importante não é o que acontece, mas como você reage.
Você cresce…
Quando não perde a esperança, nem diminui a vontade, nem perde a fé.
Quando aceita a realidade e tem orgulho de vivê-la.
Quando aceita seu destino, mas tem garra para mudá-lo.
Quando aceita o que deixa para trás, construindo o que tem pela frente e planejando o que está por vir.
Cresce quando supera, se valoriza e sabe dar frutos.
Cresce quando abre caminho,
assimila experiências…
E semeia raízes….
Cresce quando se impõe metas,
Sem se importar com comentários, nem julgamentos.
Qando dá exemplos, sem se importar com o desdém, quando você cumpre com seu trabalho…
Cresce quando é forte de caráter,
sustentado por sua formação,
sensível por temperamento…
E humano por nascimento!
Cresce quando nfrenta o inverno mesmo que perca as folhas,
colhe flores mesmo que tenham espinhos e
marca o caminho mesmo que se levante o pó.
Cresce quando é capaz de lidar com residuos de ilusões,
É capaz de perfumar-se com flores…
E se elevar por amor!
Cresce ajudando a seus semelhantes,
conhecendo a si mesmo e
Dando à vida, mais do que recebe.
E assim se cresce…..

PERDÂO!!!

Se alguém mata uma pessoa e consegue escapar da polícia, mantendo-se fora do alcance da lei por um longo período, o crime prescreve.
Vinte anos depois do delito cometido, fica extinguida a punibilidade do criminoso por o estado não tê-lo julgado e condenado em tempo hábil.
Agora pense bem: se até a Justiça admite que depois de os ânimos serenarem ninguém precisa mais de castigo, talvez a gente também devesse suspender a pena daqueles que cometeram crimes contra o nosso coração.
Mágoas entre pais e filhos, por exemplo. Não tem nada mais complicado do que família, você sabe. Amor à parte, os desentendimentos são generalizados, e às vezes uma frustração infantil segue pertubando a gente até a idade adulta. Seu pai nunca lhe deu um abraço? É um crime fazer isso com a criança, mas é preciso prescrevê-lo. Vinte anos depois, não dá para continuar usando essa justificativa para explicar por que você usa drogas ou por que não consegue ser afetuoso com os outros. Cresça e perdoe.
Você jurou que nunca mais iria falar com aquele seu amigo que lhe
dedurou no colégio? Eu também acho que duderagem é falta de caráter, e você teve toda a razão de ficar danado da vida. Mas quanto tempo faz isso? O cara agora está jogando futebol no seu time, tem sido um companheirão, e você segue não baixando a guarda por causa daquela molecagem do passado. Releve e chame o ex-inimigo para tomar uma cerveja, por conta dos novos tempos.
Dureza, agora: ele foi o amor da sua vida. Chegaram a noivar. Você já estava comprando o enxoval quando o cara terminou tudo. Por telefone. Não deu explicação: rompeu e desligou. Na mesma semana seguinte foi visto enrabichado numa bisca. Você deseja ardentemente que ambos caiam numa piscina lotado de piranhas famintas. Apoiado. Mas faz quanto tempo isso? Você já casou, ele já casou, aquela bisca não durou nem duas semanas. Por que ainda fingir que não o vê quando o encontra num restaurante? É bandeira demais ficar tanto tempo magoada. E a tal superioridade, onde anda? Dê um abaninho pra ele.
Se quem estrangula e degola recebe o perdão da sociedade depois de duas décadas, os pequenos criminosos do cotidiano também merecem que a passagem do tempo atenue seus delitos. Não cultive rancor. Se não quiser mais conviver com aquele que lhe fez mal, não conviva, mas não fique até hoje armando estratégias de vingança.
Perdoe. Vinte anos depois, bem entendido.
(Texto do livro NON-STOP)

Tente Raul...



Veja!

Não diga que a canção está perdida
Tenha em fé em Deus, tenha fé na vida
Tente outra vez!…
Beba!
Pois a água viva ainda tá na fonte
Tente outra vez!
Você tem dois pés para cruzar a ponte
Nada acabou!
Não! Não! Não!…
Tente!
Levante sua mão sedenta e recomece a andar
Não pense que a cabeça aguenta se você parar
Não! Não! Não!…
Há uma voz que canta
Uma voz que dança
Uma voz que gira
Bailando no ar
Queira!
Basta ser sincero e desejar profundo
Você será capaz de sacudir o mundo
Vai!
Tente outra vez!
Tente!
E não diga que a vitória está perdida
Se é de batalhas que se vive a vida
Tente outra vez!…

SAWABONA SHYKOBA

(Flávio Gikovate)
Não é apenas o avanço tecnológico que marcou o inicio deste milênio. As relações afetivas também estão passando por profundas transformações e revolucionando o conceito de amor.
O que se busca hoje é uma relação compatível com os tempos modernos, na qual exista individualidade, respeito, alegria e prazer de estar junto, e não mais uma relação de dependência, em que um responsabiliza o outro pelo seu bem-estar.
A idéia de uma pessoa ser o remédio para nossa felicidade, que nasceu com o romantismo, está fadada a desaparecer neste início de século.
O amor romântico parte da premissa de que somos uma fração e precisamos encontrar nossa outra metade para nos sentirmos completos.
Muitas vezes ocorre até um processo de despersonalização que, historicamente, tem atingido mais a mulher. Ela abandona suas características, para se amalgamar ao projeto masculino.
A teoria da ligação entre opostos também vem dessa raiz: o outro tem de saber fazer o que eu não sei. Se sou manso, ele deve ser agressivo, e assim por diante. Uma idéia prática de sobrevivência, e pouco romântica, por sinal.
A palavra de ordem deste século é parceria. Estamos trocando o amor de necessidade, pelo amor de desejo.
Eu gosto e desejo a companhia, mas não preciso, o que é muito diferente.
Com o avanço tecnológico, que exige mais tempo individual, as pessoas estão perdendo o pavor de ficar sozinhas, e aprendendo a conviver melhor consigo mesmas. Elas estão começando a perceber que se sentem fração, mas são inteiras. O outro, com o qual se estabelece um elo, também se sente uma fração. Não é príncipe ou salvador de coisa nenhuma. É apenas um companheiro de viagem.
O homem é um animal que vai mudando o mundo, e depois tem de ir se reciclando, para se adaptar ao mundo que fabricou. Estamos entrando na era da individualidade, o que não tem nada a ver com egoísmo.
O egoísta não tem energia própria; ele se alimenta da energia que vem do outro, seja ela financeira ou moral.
A nova forma de amor, ou mais amor, tem nova feição e significado.
Visa a aproximação de dois inteiros, e não a união de duas metades.
E ela só é possível para aqueles que conseguem trabalhar sua individualidade. Quanto mais o indivíduo for competente para viver sozinho, mais preparado estará para uma boa relação afetiva.
A solidão é boa, ficar sozinho não é vergonhoso. Ao contrário, dá dignidade à pessoa.
As boas relações afetivas são ótimas, são muito parecidas com o ficar sozinho, ninguém exige nada de ninguém e ambos crescem.
Relações de dominação e de concessões exageradas são coisas do século passado.
Cada cérebro é único.
Nosso modo de pensar e agir não serve de referência para avaliar ninguém.
Muitas vezes, pensamos que o outro é nossa alma gêmea e, na verdade, o que fizemos foi inventá-lo ao nosso gosto.
Todas as pessoas deveriam ficar sozinhas de vez em quando, para estabelecer um diálogo interno e descobrir sua força pessoal. Na solidão, o indivíduo entende que a harmonia e a paz de espírito só podem ser encontradas dentro dele mesmo, e não a partir do outro. Ao perceber isso, ele se torna menos crítico e mais compreensivo quanto às diferenças, respeitando a maneira de ser de cada um.
O amor de duas pessoas inteiras é bem mais saudável.
Nesse tipo de ligação, há o aconchego, o prazer da companhia e o respeito pelo ser amado.
Nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem de aprender a perdoar a si mesmo…
Caso tenha ficado curioso(a) em saber o significado de SAWABONA, é um cumprimento usado no sul da África quer dizer “EU TE RESPEITO, EU TE VALORIZO, VOCÊ É IMPORTANTE PRA MIM”.
Em resposta as pessoas dizem SHIKOBA que é “ENTÃO EU EXISTO PRA VOCÊ”.

RESSENTIMENTO!!!

Você recebeu um tratamento péssimo daquele cliente, daquele namorado, do professor, do seu marido, dos seus pais, dos seus filhos, dos vizinhos, do seu chefe, dos seus colegas, dos amigos, dos críticos, do cachorro…
Você tem toda razão em ter sentido mágoa, tristeza e desapontamento quando isso aconteceu.
Mas sentir tais coisas só tem lógica se for naquele momento.
NUNCA MAIS.
Se você está, ainda hoje, sentindo essa decepção, essa tristeza, essa mágoa com outra pessoa, então você está ressentido, com ela. Veja com atenção o significado da palavra ressentimento:
- Sentir novamente; Sentir infinitamente, para alguns.
RE-SENTIMENTO
Qual a razão de usar sua mente para sentir novamente coisas ruins, fragilidades e decepções?
Sentir coisas ruins novamente não tem absolutamente nenhuma função, exceto prender você ao passado e tornar você uma eterna vítima de alguém que nem mesmo está tentando prejudicar você mais.
Ao guardar qualquer ressentimento você está se acorrentando a alguém que lhe fez mal, mesmo que essa pessoa não queira mais isso.
Você está re-sentindo a dor que só existe em sua memória.
A outra pessoa, por pior que tenha sido, não será prejudicada por seu ressentimento.
MAS VOCÊ SERÁ!
Você desperdiçará momentos únicos das suas vinte e quatro horas para pegar o punhal que alguém usou contra você há semanas, meses, anos ou décadas atrás e, acredite ou não, você mesmo estará se apunhalando dia-após-dia, com seu re-sentimento.
Não caia na armadilha do ressentimento.
Se o caso for tão grave que tenha que ser resolvido em tribunais, deixe advogados cuidando disso e se concentre em sua vida e sua felicidade.
Viva o momento que estiver vivendo.
Esqueça as coisas ruins do passado.
Ele não existe mais.
E, se mesmo com toda a lógica do mundo, você ainda estiver “sentindo re-sentimento” e mágoa de alguém, lembre-se do que disse William Shakespeare:
“Guardar ressentimento é como tomar veneno e esperar que a outra pessoa morra.“

REFLEXÂO!!!

MAIS IMPORTANTE DO QUE AQUILO QUE ALGUÉM MOSTRA É O QUE O OUTRO ENXERGA

By jose caldas
Recebi pelo correio eletrônico, compartilhá-la desta forma, permitindo a todos os que navegam ter acesso a ela.
É a seguinte a mensagem:
As sandálias do discípulo fizeram um barulho especial nos degraus da escada de pedra que levavam aos porões do velho convento.
Era naquele local que vivia um homem muito sábio.
O jovem empurrou a pesada porta de madeira, entrou e demorou um pouco para acostumar os olhos com a pouca luminosidade.
Finalmente, ele localizou o ancião sentado atrás de uma enorme escrivaninha, tendo um capuz a lhe cobrir parte do rosto. De forma estranha, apesar do escuro, ele fazia anotações num grande livro, tão velho quanto ele.
O discípulo se aproximou com respeito e perguntou, ansioso pela resposta:
- Mestre, qual o sentido da vida?
O idoso monge permaneceu em silêncio.
Apenas apontou um pedaço de pano, um trapo grosseiro no chão junto à parede.
Depois apontou seu indicador magro para o alto, para o vidro da janela, cheio de poeira e teias de aranha.
Mais do que depressa, o discípulo pegou o pano, subiu em algumas prateleiras de uma pesada estante forrada de livros.
Conseguiu alcançar a vidraça, começou a esfregá-la com força, retirando a sujeira que impedia a transparência.
O sol inundou o aposento e iluminou com sua luz estranhos objetos, instrumentos raros, dezenas de papiros e pergaminhos com misteriosas anotações.
Cheio de alegria, o jovem declarou:
- Entendi, mestre.
Devemos nos livrar de tudo aquilo que não permita o nosso aprendizado.
Buscar retirar o pó dos preconceitos e as teias das opiniões que impedem que a luz do conhecimento nos atinja. Só então poderemos enxergar as coisas com mais nitidez.
Fez uma reverência e saiu do aposento, a fim de comunicar aos seus amigos o que aprendera.
O velho monge, de rosto enrugado e ainda encoberto pelo largo capuz, sentiu os raios quentes do sol a invadir o quarto com uma claridade a que se desacostumara.
Viu o discípulo se afastando, sorriu levemente e falou:
- Mais importante do que aquilo que alguém mostra é o que o outro enxerga.
Afinal, eu só queria que ele colocasse o pano no lugar de onde caiu.
—xxx—
Pense em como aquilo que você faz todos os dias, está influenciando os outros. Por isso, aja sempre no bem. Faça as coisas corretas, começando pelas pequenas coisas como, por exemplo, manter limpa a cidade.
Seja você aquele que não joga papel no chão.
Coloque-o no bolso, na bolsa, num lugarzinho no chão do carro. Quando passar por uma lixeira, deposite-o ali.
Seja você aquele que respeita os sinais de trânsito.
Não estacione seu carro sobre a calçada. Não estacione em fila dupla.
Respeite as filas de ônibus, do banco, do supermercado, em qualquer lugar.
Espere a sua vez sem reclamar nem xingar. Preserve a paz.
Não arranque flores dos jardins públicos, mesmo que seja para plantar em sua casa, em seu jardim. Preserve o que é de todos.
Enfim, dê o bom exemplo em tudo.
Ao seu lado, sempre haverá uma criança, um jovem, um adulto, alguém enfim que se achará no direito de fazer o que você faz, principalmente se você for alguém que ele respeita, como o pai, a mãe, o professor, o melhor amigo, o político conhecido na cidade.
E lembre-se: “Mais importante do que aquilo que alguém mostra é o que o outro enxerga.”
Que Deus continue iluminando seus passos, e principalmente suas ações.
Carinhosamente,

Pés!!!

Calcanhares Rachados
Os cuidados que tomamos usualmentenão são os recomendados para este tipo de problema.
Um dos problemas mais comuns no verão acontece com os nossos pés: as rachaduras nos calcanhares. E o cuidado mais usual - o lixamento da região - ao invés de solucionar o problema, pode agravá-lo.
As rachaduras nos calcanhares são causadas pelo aumento da primeira camada da pele nas regiões plantares em conjunto com o ressecamento excessivo dessas áreas. Segundo a dermatologista Eliane Sênos, isso ocorre, na maioria das vezes, por uma predisposição genética associada ao uso contínuo de calçados abertos e ao hábito de lixamento dos pés. "A melhor maneira de evitar as rachadurasé aplicar vaselina salicilada nos pés à noite e creme com uréia e óleo de amêndoas doces pela manhã. Além disso, prefira os calçados fechados", recomenda a médica. O lixamento deve ser evitado.
CUIDAR DOS PÉS É CUIDARDE NOSSAS BASES
O uso de sapatos inadequados, que contrariam a anatomia natural dos pés - mais largos na frente e estreitos atrás -, como os terríveis e feiosos sapatos de bico finíssimo (que fazem as mulheres parecerem seres com um único dedo), também podem trazer transtornos sérios à esta parte tão importante de nosso corpo, como acavalamentos dos dedos, joanetes, etc. Buscar a beleza com a funcionalidade é caminho para a verdadeira estética humana.
NÃO LARGUE DO SEU PÉ
Faça massagens eventuais com bons cremes hidratantes, dê preferência para meias de produtos orgânicos (diminua o uso de meias sintéticas, que esquentam e prejudicam a respiração na região), seque bem os dedos após o banho para evitar as frieiras (um ventilador faz essa função com perfeição), use sapatos adequados e confortáveis e caminhe descalço sempre que puder. Eis a fórmula e a explicação para a sempre atual expressão: "Tudo vai dar pé!"

SONO!

Dez dicas para você melhorar seu sono
Pequenos procedimentos colaboram muito com seu descanso e com seu dia bem mais proveitoso.
Dormir bem é essencial para a nossa saúde, influenciando até mesmo no nosso humor e na disposição para o trabalho e demais atividades. Veja aqui hábitos que ajudam no seu descanso.
• Procure dormir sempre nos mesmos horários para disciplinar seu relógio interno.
• Evite bebidas alcoólicasà noite. No início, elas ajudam a adormecer, mas depois estimulam o cérebro e deixam o sono mais leve. Assim, a pessoa não descansa de forma apropriada.
• Não tome café, chá preto e mate até sete horas antes de se deitar. Essas bebidas contêm cafeína, substância estimulante do cérebro que pode permanecer no sangue por oito horas.
• Controle a vontade de fumar antes de repousar e evite fumar caso perca o sono no meio da noite. A nicotina estimula a atividade dos neurônios.
• Não coma alimentos gordurosos, pois dificultam a digestão.
• Evite fazer exercício num período de duas a três horas antes de dormir. A atividade física intensa, mesmo sendo aeróbia, cansa e aumenta a temperatura do corpo, dificultando o repouso. Prefira atividades relaxantes ou de menor intensidade.
• Não tente resolver problemas quando estiver na cama.
• Para ler, prefira textos que exijam pouca atenção e sem relação com a sua atividade profissional.
• Nunca tome remédio por conta própria. Muitos deles causam dependência e só devem ser usados com indicações médicas.
• O ambiente do quarto precisa ser silencioso e tranqüilo. Música, só calma e em volume baixo. Também evite o frio ou calor excessivo, televisão ou luzes, porque mantém o estado de alerta.

HORÓSCOPO DAS FADAS!!

ÁRIES
Fada: Morrigu
Características: Fada-Deusa guerreira, alta, esbelta, de cabeleira castanha e de rosto que apresenta finos traços angulosos. Foi ela quem conferiu força e valor sobrenatural a Cuchulainn, de modo que ganhou a guerra pelos Tuatha de Danann, as forças do bem e da luz e derrotou os escuros Fomorianos.
Virtudes que confere: ousadia, força e valor na luta contra contra o mal.
Ritual para obter seus favores: realizar uma oferenda de leite de vaca adicionando uma igual quantidade de farinha de cevada.
Dias propícios para invocá-la: 21, 22, 23, 24 e 25 de março.
TOURO
Fada: Licke
Características: é uma fada-cozinheira pequena e gordinha, de caráter pacífico e com sentimentos amorosos para com os seres humanos. É mencionada na Lista das Fadas de Allies.
Virtudes que confere: sendo uma fada cozinheira, é ela quem prepara a carne, oferecendo-nos os prazeres da fartura e da abundância.
Ritual para obter seus favores: ofereça-lhe uma moeda dourada que não deve ser usada até o mês seguinte ou realize uma oferenda de carne cozida que deve ser colocada debaixo de uma árvore frondosa.
Dia propicio para invocá-la: entre o 21 e 28 de abril.
GÊMEOS
Fada: Habetrot
Características: anciã de aspecto desagradável, com nariz grande, dentes tortos, cabelo
desalinhado. Possui natureza bondosa e é protetora das fiandeiras da fronteira escocesa, a quem ajuda em seu ofício.

Virtudes que confere: paciência e precisão no trabalho artesanal.
Ritual para obter seus favores: ao realizar a invocação pronunciando seu nome, a pessoa deverá sentar-se sobre uma pedra furada no centro, lugar onde habitam essas fadas.
Dia propicio para invocá-la: entre os dias 14 e 21 do mês de Junho.
CANCÊR
Fada: Oonagh
Características: é a esposa de Finvarra, o rei das fadas ocidentais e dos mortos. Seu cabelo dourado chega até o solo e veste um traje de teia de aranha com gotas de orvalho, que brilham como diamantes.
Virtudes que confere: brilho pessoal, dignidade e confiança.
Ritual para obter seus favores: uma árvore de sabugueiro (se não for possível, faça um amuleto com essa madeira), gravar o nome da fada e em seguida pronunciar as seguintes palavras: “Ancã, dai-me um pouco de tu madeira, e eu te darei um pouco da minha quando me converter em árvore”.
Dia propicio para invocá-la: 7, 14, 21 de julho.
LEÃO
Fada: Slky Brownie
Características: é uma mulher de 90 cm de altura, que veste roupas esfarrapadas da cor parda, de rosto moreno e abundante cabeleira. Assume as responsabilidades domésticas, faz diligências e dá bons conselhos.
Virtudes que confere: torna prática as tarefas cotidianas e outorga o dom do trabalho.
Ritual para obter seus favores: ofereça pasteizinhos caseiros recobertos de mel, que deve ser deixados cuidadosamente em um lugar onde possam ser encontrados casualmente
Dia propicio para invocá-la: 6, 12, 18, do mês de agosto.
VIRGEM
Fada: Leanan Sidhe (o Espírito da Vida, a Amante Feérica)
Características: é uma fada de beleza deslumbrante; aparece toda vestida de branco e apresentando um longo e brilhante cabelo dourado.
Virtudes que confere: é protetora dos namorados, favorece os idílios e evita pequenas discórdias que atrapalham a felicidade do casal; outorga o dom da inspiração aos poetas cantores.
Ritual para obter seus favores: Invoque-a mediante a recitação dos seguintes versos: “Fada loira e dama brilhante; traga o amor que para mim foi destinado”.
Dia propicio para invocá-la: desde 3 dias antes a três dias depois da lua cheia (preferivelmente durante o mês de setembro).
LIBRA
Fada: Nimue, ou a Dama do lago
Características: ela é a fada-rainha de uma ilha de donzelas, situada no meio de um lago encantado, onde o inverno não chega nunca e ninguém conhece a dor.
Virtudes que confere: poder mágico que cura a dor, concede o dom da valentia para enfrentar a adversidade.
Ritual para obter sus favores: colocar un taça de agua clara e limpa em um local que fique a noroeste da casa; renovar a água antes que turva.
Dia propicio para invocá-la: de 16 a 24 do mês outubro.
ESCORPIÃO
Fada: Meg Mullach, Maug Moulach ou Maggie Moloch
Características: seu nome significa “a peluda”, por seu abundante pêlo. Apresenta pele escura, rosto enrugado, não possui nariz e mede em torno de sessenta centímetros. Dirige as criadas da casa e serve as comidas como por arte de magia. É a melhor aliada na organização de festas.
Virtudes que confere: Infunde entusiasmo e ânimo festivo, transmite vitalidade e sabedoria popular.
Ritual para obter sus favores: falar em forma rítmica e com movimentos de dança: “A a luz da lua dançamos e jogamos, com a noite começa nosso dia, enquanto segue o baile cai o rocio , dançamos todos, rapazes , ligeiros como a abelhinha, de dois em dois e de três em três: vamos lá!, vamos lá!”.
Dia propicio para invocá-la: os dias 9, 18 do mês (preferentemente em novembro).
SAGITÁRIO
Hada: Ellyllon
Características: é uma fada diminuta que se alimenta de cogumelos e da manteiga que as fadas extraem das raízes das árvores velhas.
Virtudes que confere: restitui a força e o entusiasmo pelo trabalho. Conduz ao caminho da prosperidade e afugenta a má sorte.
Ritual para obter seus favores: frite cogumelos com manteiga e coloque embaixo que qualquer árvore ao lado de uma vela verde acesa.
Dia propicio para invocá-la: 10 e 30 do mês de Dezembro.
CAPRICÓRNIO
Fada: Rainha Mab
Características: é uma linda fada diminuta que possui uma carruagem que é conduzida por insetos e é governante das fadas de fazem nascer os sonhos.
Virtude que confere: favorece todas as formas de restabelecimento e faz acelerar a realização de nossos êxitos financeiros. Transforma nossos sonhos em realidade.
Ritual para obter seus favores: Deixe em qualquer jardim um pratinho com leite e enterre 3 moedas douradas. Depois recite: "Rainha Mab, Tu que governas o mundo secreto de sonhos, ajuda-me! ... "
AQUÁRIO
Hada: Gwragged Annwn
Características: Pertence a família das donzelas do lago, é uma fada aquática bela e desejável, de longos cabelos de fios dourados.
Virtudes que confere: Beleza e sedução às mulheres, sensibilidade e segredos de medicina aos homens.
Ritual para obter seus favores: vestindo uma roupa azul, vá até a borda de um lago e deposite na beirada um saboroso pão quentinho.
Dia propicio para invocá-la: 19, 20 e 21 de fevereiro.
PEIXES
Fada: Grig
Características: do tamanho de um grilo, a alegre fada aparece vestida de verde e com um gorro cônico vermelho na cabeça.
Virtudes que confere: alegria e generosidade
Ritual para obter seus favores: se realiza una oferenda de maçãs pequenas que se depositam nos ramos de uma árvore.
Dia propicio para invocá-la: entre o dia 21 a 25 de fevereiro »

HORÓSCOPO DUENDES!

Achei na internet amei pois adoro esse assunto leiam muito legal!!!
HORÓSCOPO DUENDES
«Duendes, Gnomos e Fadas, não são frutos de nossa imaginação, pois hoje já é possível inclusive fotografá-los, entretanto, todos os relatos e crônicas, nos fazem perceber que eles estão desaparecendo progressivamente ao longo dos séculos. Isso porque, nossa civilização perdeu o respeito e o afeto por esse Povo Pequeno.
Os Gnomos e os Duendes, foram descritos, pela primeira vez, como Elementais da Terra, por ParaCelso (1493-1531). A palavra "Gnomo", tem sua origem na grega "genomos", que pode traduzir-se como "da terra". Já a palavra "duende" é uma abreviação de "dono da casa".

Os quatro elementos (Terra, Ar, Fogo e Água) que constituem o universo, já estavam presentes muito antes do homem ser criado e o pensamento gnóstico e cabalístico reconhecem sua grande importância. Para os rosa-cruzes, os espíritos elementais da natureza possuem vida própria e independente que, apesar de serem compostos por matéria astral e etérica, evoluem no plano físico através dos reinos mineral, vegetal, animal e humano, de acordo com a família que pertençam (duendes, gnomos, fadas).
Os seres elementais são quase invisíveis para a visão do homem, pois apresentam um corpo sutil, sempre composto com as mais puras partículas do elemento que habitam. Possuem sempre um espírito coletivo, formando uma "alma grupal". Quando morrem, desprendem-se do elemento coletivo. Portanto, carecem de uma alma imortal, assunto que preocupou os teólogos de toda Europa dos séculos XVI e XVII.
A alma mortal dos elementais deve-se ao castigo infligido por Deus, em conseqüência de tomarem partido na rebelião dos Anjos. De acordo com a tradição cabalística, eles foram condenados à "Terra do Nada", que fica a meio caminho entre os homens e os anjos, entre a "Terra e os Céus", confinados a uma "alma coletiva". Mas Deus, em sua infinita misericórdia, apiedou-se e lhes concedeu a possibilidade de unirem-se com um deva astral, que constitui um degrau de evolução imediatamente superior, ou o de casarem-se com um humano. Dessa maneira, poderiam obter uma alma individualizada e imortal.
De posse dessa informação, fica fácil entender porque duendes, gnomos e fadas, buscam desesperadamente um contato carnal com os seres humanos, oferecendo um amor apaixonado e bens materiais.
Para concluir, os seres elementais constituem o lado "Vivo" da Natureza, que estimula o crescimento, proporciona o colorido das flores, despontando nos recantos mais belos, brincando no salto das águas e nas ondas, dançando ao vento ou à luz da Lua, eles constituem uma ordem de evolução que transcorre paralelamente e combinada à nossa própria evolução.

DUENDE GUARDIÃO
Não só os Anjos se preocupam com o nosso bem-estar, mas também os duendes e gnomos. O Duende Doméstico, nome dado àqueles duendes que habitam o interior de uma casa junto a uma família, que ele mesmo escolhe, é um dos encarregados de tão gloriosa façanha. Muito embora sejam um tanto travessos, os duendes domésticos possuem a função de ajudar os humanos em sua vida cotidiana.
Os Gnomos, mais sábios e mais velhos, comandam os duendes e são extremamente fiéis às famílias com quem convivem, considerando-as como parentes.

Em qualquer lugar do mundo, onde os corações sejam puros, são comuns os testemunhos da existência desse " Povo Pequeno". É a tradição popular, com sua doutrina secreta que preenche, uma vez mais, as lacunas e, de fragmentos dispersos, forma uma teoria inteligível.
São os espíritos da Natureza, os duendes, os gnomos que nos indicam o caminho a seguir. A humanidade só conquistará a Natureza quando obedecer às suas leis fundamentais e aprender a respeitar e acreditar nos seres elementais. E, muito embora, o espírito cético da atualidade questione a validez de semelhante evidência, os espíritos arejados continuarão essa fascinante busca, tão rica de promessas para o bem do planeta.
Para todo aquele que acredita, como eu, nos espíritos da Natureza, não existe "matéria-morta" em lugar algum, sendo assim, toda a rocha palpita com vida, toda pedra possui a sua respectiva consciência, por mais minúscula que ela seja. Até as árvores pulsam ao contato de pequenos agentes, cujos corpos magnetizados atuam como a matriz a partir da qual se tornam possíveis os milagres do crescimento e da coloração. Quando entendemos e partilhamos da exuberância vital da Natureza, os seres elementais transformam-se em verdadeiros e amistosos colaboradores e, em sua companhia, podemos compreender algo da missão que nos cabe. Na medida em que deixamos de ignorar as atividades dos espíritos da Natureza e reconhecemos sua dependência parcial em relação à mente humana e a surpreendente resposta que daí advém quando se faz esse reconhecimento, muitos dos nossos problemas e dificuldades serão resolvidos e a vida será muito mais bela do que qualquer coisa que já tenhamos concebido.

GNOMOS,DUENDES E SIGNOS
ÁRIES (de 21 de março a 19 de abril)
Áries é um signo muito ativo, energético, entusiasta e é regido pelo gnomo "HARUMH" que assessora o duende "VERNY".
As pessoas nascidas sob signo de Áries são guerreiras, decididas, que sempre olham para o futuro. Possuem também um caráter colérico, emotivo, ansioso e extrovertido, que se traduz na constante necessidade de ação e pela impaciência, aspectos que são compensados por uma atitude moralista face à vida, às vezes exclusivista, intransigente ou, em certas ocasiões, até sectária.
Psicologicamente, Áries é o signo da ação. Entusiasmo cego, falta de perspicácia, precipitação, que levam a crises de desânimo, porém é nessas horas que deve pedir ao gnomo HARUMH para estar contigo, pois é ele que ajudará no aprendizado do controle da impulsividade e da impaciência. Já o duende VERNY, é mestre na arte de encontrar saídas positivas e criativas a tua agressividade natural.
É importante para a evolução espiritual dos arianos aprender a pensar nos demais e deixar de ter atitudes tão arrogantes, intolerantes e desagradáveis em sua vida.
Para invocar o gnomo HARUMH e o duende VERNY, acenda uma vela da cor violeta e queime um incenso de limpeza.

TOURO (de 20 de abril a 20 de maio)
Touro é o signo da tranqüilidade, dos pés assentados na terra e é regido pelo gnomo "ZOCOSS" e pelo duende "JEFYTE".
As pessoas do signo de touro nasceram para criar raízes, manter costumes e tradições. De fato, não suportam mudanças. Aspiram a viver em condições confortáveis e estão sempre procurando uma segurança material que lhes permitam viver com toda a tranqüilidade. Como ZOCOSS é o gnomo administrador do dinheiro, sua ajuda será muito valiosa para que todo o taurino seja bem sucedido nessas questões. Já o duende JEFYTE deve ser invocado quando se procura um novo trabalho.
Para invocar o gnomo ZOCOSS e o duende JEFTE, acenda uma vela amarela, chame-os pelo nome e depois enterre 3 moedas douradas.

GÊMEOS (de 21 de maio a 21 de junho)
Gêmeos é o signo do poder de adaptação às circunstâncias mais variadas, da inteligência flexível e viva, da comunicação, da eloqüência e da sociabilidade, que é regido pelo gnomo "GIAFAR" e o duende "CLION".
Entretanto, os nascidos sob signo de gêmeos, possuem temperamento melancólico, nervoso e emotivo. Despreocupação e frivolidade que engendram muitas vezes um comportamento irresponsável. Possuem também, a tendência para jogar com a sua vida muito mais do que vivê-la, tudo para não levar nada a sério e permanecer um eterno adolescente. Identificam-se com os outros por mimetismo, por jogo ou com a esperança de descobrir sua verdadeira identidade. Mais do que qualquer outro signo, Gêmeos precisa do olhar dos outros para saber quem é.
O gnomo GIAFAR é o guardião amigo que lhe estenderá a mão no momento em que for invocado. Juntamente com o duende CLION lhe ajudarão a aprender a dominar a impaciência, a ansiedade e o nervosismo que as vezes não permitem que se concretize adequadamente seus planos.
Para contatá-los lhes ofereça pedaços de pão de centeio com mel, que podem ser colocados em um pequeno prato e depositado em qualquer cantinho escuro da casa. Acenda, em seguida, uma vela verde e chame-os pelo nome.

CÂNCER (22 de junho a 22 de julho)
Câncer é o signo do sonho, da sensibilidade, da ternura, da doçura, da imaginação e da memória tenaz que fixa e idealiza as recordações, acontecimentos e sentimentos ocorridos no passado para se proteger contra as incertezas do futuro.
Esse signo é regido pelo gnomo "PAN" associado ao duende "YARK".
Psicologicamente, os nascidos à luz desse signo, permanecem à nível do período da infância, carnal e sensitiva, aspirando sempre a reencontrar ou a preservar. Para os cancerianos, o amor é um conto de fadas, com príncipe e princesa encantada, mas também existe muitos monstros ameaçadores que devem ser enfrentados.
O gnomo PAN será um grande auxiliar quando importantes decisões na vida referem muita meditação e calma. Será o duende YARK que entrará em ação para a calma se estabelecer, podendo-se assim, alcançar o pleno entendimento.
Para invocá-los acenda uma vela marrom e deixe uma oferenda de pão molhado no leite em qualquer jardim florido.

LEÃO (23 de julho a 22 de agosto)
Leão é o signo da ambição por excelência, do feliz e radiante domínio das circunstâncias, das aparências, da necessidade de admiração, da aspiração à supremacia, características que podem dar lugar ao orgulho e à tirania.
Esse signo é regido pelo gnomo "RASCHIB" associado ao duende "EDOSS". O leonino é muito autoconfiante, justamente por ter como guardiões esses dois seres elementais. RASCHIG é o gnomo que trabalha aumentando a auto-estima e realizando a limpeza do campo aúrico. Em seguida, o duende EDOSS complementa esse trabalho banhando a aura com seus raios de arco-íris.
Sempre que precisar uma dose extra desse tratamento que conduz à total harmonia, invoque-os acendendo uma vela de mel que deve ser colocada em cima de um desenho ou imagem de um arco-íris. Depois que a vela se apagar, queime a figura de papel do arco-íris e jogue suas cinzas em um jardim.

VIRGEM (23 de agosto a 22 de setembro)
Virgem é o signo da ordem, da organização, da precisão, do espírito de serviço, da preservação dos bens adquiridos, da modéstia ou da humildade, que conduzem às vezes a pessoa nascida sob esse signo a sub-valorizar-se ou sub-valorizar os demais. Possue ainda, um temperamento interiorizado, com uma forte tendência de se fechar dentro de si mesmo.
Esse signo é regido pelo gnomo "MOBARAK" associado ao duende "OLDH".
Como os nascidos sob à luz desse signo almejam alcançar a perfeição, sempre haverá um desgaste físico e energético muito importante. Arrastados por seus sentimentos, os nativos desse signo podem inclusive perder a razão. Portanto, será necessário periodicamente, invocar seus espíritos guardiões para auxiliá-los. O gnomo MOBARAK será de muita utilidade, principalmente quando o problema é com a saúde. Seu associado, o duende OLDH, deve ser invocado quando o comprometimento é na região abdominal.

LIBRA (23 de setembro a 22 de outubro)
Libra é o signo da justiça, da procura de equilíbrio, da harmonia, características que podem levar a pessoa nascida sob esse signo a responsabilizar-se por compromissos excessivos.
Esse signo é regido pelo gnomo "JENNY" associado ao duende "PYLOO".
Psicologicamente, esse signo corresponde à tomada de consciência da independência e das opções que essa implica. A partir daí, é como se o nativo desse signo tivesse de se preparar para transformar-se em um ser independente, preservando ao mesmo tempo suas experiências. JENNY será um grande auxiliar para caminhar ao seu lado nessa jornada, pois ele trará equilíbrio no que se refere à relacionamentos amorosos. PYLONN, por sua vez transmutará todas as energias negativas para positivas com seus raios violetas. Para invocá-lo basta acender uma vela da cor violeta e deixar ao lado um pratinho com um pouco de mel.

ESCORPIÃO (23 de outubro a 21 de novembro)
Escorpião é o signo da paixão, dos impulsos, dos instintos, das forças psíquicas às vezes exaltadas, características que fazem do nascido sob esse signo uma pessoa idealista, extremista, indomável, às vezes excessivamente empírica, destrutiva ou auto-destrutiva.
Esse signo é regido pelo gnomo "HARUKO" associado ao duende "SMARK".
Os nativos de escorpião possuem um temperamento impulsivo, agressivo, instintivo, apresentando um gosto acentuado pelos mistérios, segredos, enigmas para resolver, estudos e análises profundas. Gosta de dominar intelectualmente e quando ama, aspira possuir o corpo e a alma do outro. Para os nascidos à luz desse signo não há meias medidas, e portanto, podem atrair para si muitos inimigos e muitas energias negativas. HARUKO e SMARK podem ser grandes auxiliares, pois eles zelam pela proteção da pessoa que os invoca, encerrando-a em uma bolha dourada e não permitindo que nenhuma energia negativa a atinja. Para invocá-los acenda uma vela dourada e chame-os pelo nome.

SAGITÁRIO (de 22 de novembro a 21 de dezembro)
Sagitário é o signo da aventura, dos jogos da vida e da sorte, da expansão natural, da alegria de viver, que às vezes fazem do nascido sob esse signo uma pessoa que se deixa enganar, por ela mesma ou pelos outros, inconsciente ou pouco realista.
Esse signo é regido pelo gnomo "OTBAT" associado ao duende "BASY".
Os nativos de Sagitário são viajantes que aspiram a ampliar seus horizontes, sociais, geográficos e espirituais. Como são grandes jogadores, encontrarão no gnomo OTBAT toda a orientação necessária no que se refere ao tema de dinheiro. Já o duende BASY lhe dará toda a ajuda nos jogos e em tudo que se refere a azar. Para invocá-los acenda uma vela verde, chame-os e ofereça pedaçinhos de pão de centeio com mel. Depois enterre 3 moedas douradas no jardim ou em um vaso bem florido.

CAPRICÓRNIO (22 de dezembro a 19 de janeiro)
Capricórnio é o signo da vontade ambiciosa, tenaz, lúcida, concentrada num objetivo único; do sangue-frio, do espírito lógico, racional e friamente calculista, características que fazem da pessoa nascida sob esse signo um ser distante, insensível e hermético.
Esse signo é regido pelo gnomo "MAGREBIN" associado ao duende "VIKRAN".
Psicologicamente, esse signo corresponde à tomada de consciência da independência do "EU", revelada pela faculdade de discernimento. Essa faculdade empurra o nativo desse signo a isolar-se para poder explorar todos os seus recursos interiores. MAGREBIN é o gnomo que com seus sete raios de poder revigora e dá entusiasmo para encarar a vida, para todos nascidos à luz desse signo. O duende VIKRAN complementa esse trabalho afugentando todo o mal. Para invocá-los, na noite de Natal ofereça-lhes uma taça de vinho, mel e avelãs.

AQUÁRIO (de 20 de janeiro a 18 de fevereiro)
Aquário é o signo da liberdade individual, mas também das preocupações sociais e humanitárias, da solidariedade, da cooperação, das idéias originais, que fazem do nascido sob esse signo uma pessoa rebelde a qualquer disciplina, instável ou excêntrica.
Esse signo é regido pelo gnomo "IGOR" associado ao duende "RIMON".
Os nativos desse signo possuem ausência total de ambição e, portanto, encontrarão no gnomo IGOR um guardião da prosperidade e da harmonia. Outro grande aliado também será o duende RIMON, que do mesmo modo que todo o sagitariano, gosta de movimento e muitas brincadeiras, o que torna o ambiente a sua volta leve e alegre. Para invocá-los plante 3 sementes de girassol, juntamente com três moedas douradas em um vaso de barro ou no jardim.

PEIXES (de 19 de fevereiro a 20 de março)
Peixes é o signo da receptividade psíquica, da intensa sensibilidade emocional, anda em busca de fusão, de entrega, do amor absoluto, romântico, místico ou religioso, que fazem da pessoa nascida sob esse signo um ser idealista e irracional.
Esse signo é regido pelo gnomo "ELIO" associado ao duende "WULL".
O nativo de peixes é idealista e inspirado, mas tem a tendência de alimentar angústias irracionais, de refugiar-se no auto-engano e de fugir do contato ou do enfretamento. ELIO será o gnomo que irá auxiliar que ajudará os nativos desse signo a superar as grandes desilusões, dando-lhes todas as condições para saírem dessas depressões. WULL também será de grande valia, pois ajudará no aumento da auto-estima. Para invocá-los pegue uma casca de noz e coloque ali três grãos de milho, três trevos de três folhas e um cristal. Enterre esse tesouro e ofereça-o para WULL e ELIO.

2006, ANO DOS GNOMOS
2006 é um ano em que os gnomos estarão mais ativos e mais próximos de todos nós, portanto é uma boa oportunidade para você adquirir o seu.
Existe uma lenda que diz que para cada imagem ou boneco de um gnomo que tenhas em casa, surgirão 7 gnomos reais. Para mantê-los bem entretidos, coloque-os no jardim, ou se for apartamento, decore o espaço com plantas, uma mini-fonte com algumas moedas douradas. Os gnomos adoram mel, açúcar, pão, leite e vinho para se alimentarem. Já a espécie feminina adora tudo que brilha como espelhos, glitter, pedrinhas. Não custa fazer um agrado, pois com certeza serás bem recompensado posteriormente.
Se quiseres pedir-lhes um favor, fale suavemente sobre teus desejos e ofereça-lhes uma moeda para cada pedido e verás que eles te ajudarão.
Desfrute-os, convoque-os e peça proteção, pois os gnomos, neste ano, abandonaram os bosques para trazer aos homens a mensagem de paz e esperança da nossa Mãe Natureza e só poderão escutá-los todo aquele que possui coração nobre...

ORAÇÃO PARA CONVOCAR OS GNOMOS
"Oh, Lugh, duende mágico,
por intermédio de todos os poderes mágicos da natureza,
converte nossas poderes arcas
em transbordantes caldeirões da prosperidade.
Toque-me com a tua vara da abundância
e me revele teus segredos mais secretos".

Essa é uma possível invocação, mas você pode fazer a sua, convocando o duende mais indicado para resolver o seu problema. Se tiver uma estátua de gnomo em seu jardim, escreva em um papel branco, que deve ser dobrado em três, a graça que estás necessitando e ao término de sete dias queime-o para liberar o pedido. Atire as cinzas na água e não agradeça antecipadamente a atenção. »

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Massagem

Como Fazer a Massagem Redutora

Começo por aplicar creme hidratante na zona do corpo que tem celulite, para que as suas mãos possam facilmente movimentar-se nessa zona.
Depois deverá começar a massagem pela zona inferior do corpo, subindo lentamente até atingir a zona do coração. Faça sempre movimentos de pressão moderada na pele.
Os movimentos de massagem que pode utilizar, incluem:
  • Pancadas suaves com os dedos, palmas das mãos e os nós dos dedos.
  • Movimentos circulares com as palmas das mãos, os nós e os dedos.
  • Agarrar na pele com os dedos e esfregar, com se estivesse a esfregar os dedos, ou dinheiro.
Vá dando pequenos beliscos para puxar a pele para todas as direcções e activar ainda mais a circulação sanguínea na zona que tem a celulite. Para fazer a parte dos pequenos beliscos, é mais simples não colocar qualquer tipo de creme hidratante, porque senão irá ter dificuldades em conseguir agarra a pele com firmeza.
No final da massagem redutora, deverá fazer uma massagem completa com pancadas largas e suaves.

Como Melhorar a Massagem Redutora

Há formas de melhorar os efeitos das massagens redutoras, como é o caso da persistência diária nas zonas afectadas. Em cada dia da semana, massaje uma zona diferente.
Utilize vários tipos de óleos de massagem, com diferentes aromas. Há vários óleos que têm efeitos redutores de celulite. Experimente fazer massagens com esses também.
A massagem redutora é uma excelente forma de se sentir bem, quando faz outros esforços para redução da celulite. Além disso, pode proporcionar mais rapidez na obtenção dos resultados. Experimente fazer em casa.

Vegetais crucíferos

Repolho, brócolis, couve, couve-flor, couve de bruxelas,nabo,agrião,rabanete,repolho,mostarda são também conhecidos como vegetais crucíferos. Até pouco tempo só se sabia que eles eram ricos em vitaminas e minerais além de serem boas fontes de fibras. Hoje em dia, devido a vários estudos, sabemos que esses vegetais contêm compostos que ajudam a prevenir várias doenças, incluindo o câncer.
O consumo desses vegetais tem sido associado com a redução do risco de câncer, e as propriedades anticarcinogênicas tem sido atribuídas ao alto conteúdo de glicosinolatos encontrado nesses vegetais. Os glicosinolatos são um grupo de glicosídeos que ficam estocados nos vacúolos das células de vegetais crucíferos.
Além dessas propriedades, a couve, a couve-flor e a couve de bruxelas são ótimas fontes de vitamina C e beta-caroteno (precursor da vitamina A). A couve contém mais ferro e cálcio que qualquer outra verdura. A couve de bruxelas também apresenta quantidades significativas de vitamina C, folato e vitamina E. A couve-flor apresenta boas quantidades de potássio e vitamina B6. O brócolis também é rico em vitamina C e boa fonte de vitamina A e de folato. Todos esses vegetais também são ricos em fibras que ajudam no bom funcionamento do intestino.
A melhor maneira de consumir o repolho e a couve é na forma crua ou levemente cozidos, pois o calor destrói boa parte das vitaminas e elimina os compostos com ação anticancerígena. A couve-flor também perde parte de suas vitaminas quando é cozida. Para minimizar as perdas cozinhe-a no vapor ou ferva-a rapidamente. A couve de bruxelas pode ser cozida em água fervente ou no vapor, porém, se cozida demais perde parte das vitaminas e dos compostos ativos além de ficar com sabor amargo. Quanto ao brócolis, a melhor maneira de cozinhá-lo é mergulhá-lo em água fervente e retirá-lo rapidamente ou cozinhá-lo no vapor.
Até hoje não foi estabelecida qual a quantidade ideal de consumo dos vegetais crucíferos para prevenir doenças, mas a ingestão de uma xícara de chá desses vegetais duas vezes ao dia é suficiente para bloquear as substâncias cancerígenas.

Drenagem linfática

CIRCULAÇÃO.

Circulação sanguinea.
Ingredientes:
1 punhado de alecrim
1 punhado de cavalinha
1 punhado cipó cruzeiro
1 punhado de hamamelis
1 punhado de jasmim
1 punhado de macela
1 litro de água
Modo de Preparo:
Ponha a água para ferver. Assim que ferver, apague o fogo e acrescente as ervas. Tampe a panela e deixe por 15 minutos. Tome de 2 a 4 ao dia
Obs: O punhado deve ser medido na mão da pessoa que irá tomar o chá.

Eliminar cheiro de cigarro

Os não fumantes sabem muito bem o que é isso, só entrar em um carro de quem fuma e sente o cheiro forte de cigarro, mesmo que fique um bom tempo sem que o dono do carro use ele.
Para tirar o cheiro, experimente cortar duas maçãs ao meio e quando chegar em casa a tarde, coloque as maçãs cortadas nos bancos, feche o veículo e só abra no outro dia cedo e retire as maçãs.
Para não manchar o banco com a maçã, coloque em cima de um pedaço de plástico.

A cura pelo óleo de girassol !!!

Do relato do Dr. Karach, um dos participantes do encontro da associação Allucraina de oncólogos (os que estudam a formação de tumores ou neoplasmas) e bacteriólogos, onde foi explicado um processo de curar o corpo humano, de maneira muito simples, usando óleo de girassol (Araschid).
Os resultados deste método de cura causam admiração e dúvida sobre o conteúdo do relato do Dr. Karach. Mas, depois da supervisão de sua terapia de óleo, cada um pode experimentar a veracidade de seus argumentos e a eficácia no seu próprio corpo.
De certo é mais do que admirável que com este método biológico neutralizado, sucessos desta maneira possam ser alcançados, tanto no tratamento quar na cura de doenças, enquanto pode se desistir de operações cirúrgicas e tomar remédios, muitas vezes com conseqüências nocivas e efeitos colaterais .
O Dr Karach expôs que o princípio essencial desse método curativo é especialmente simples, isto é, consiste no sorver ou chupar do óleo na cavidade boca, e que depois a cura será realizada pelo próprio organismo humano. Desta maneira é possível curar células, tecidos e todos os órgãos humanos mesmo tempo. Com isso se impede a aniquilação da microflora e de destruir organismo humano. Pois assim está preservado o seu equilíbrio e, como última conseqüência, também a duração de sua vida. O homem praticamente só vive a metade do que poderia viver. Ele poderia alcançar 140 a 150 anos.
Com este método consegue-se uma cura perfeita de dores de cabeça, bronquite,dor de dentes, tromboses, doenças crônicas do sangue, artrose, eczema,úlceras do estômago, doenças do intestino, do coração, dos rins, encefalite e doenças das mulheres.
Previne-se e cura-se ao mesmo tempo outras doenças perigosas à vida, tais como: doenças crônicas do sangue, paralisias, doenças dos nervos, do estômago, dos pulmões, do fígado, e a doença do sono que aparece epidemicamente. Esse método de cura ao mesmo tempo recupera o organismo inteiro, mas também previne os perigos do infarte. “Eu com isso tenho curado completamente a minha doença crônica do sangue, da qual estava sofrendo há quinze anos e também minha artrose” — afirma o Dr. Karach.
Processo de cura
Aplicação: óleo de plantas, o melhor é o óleo de girassol.
Máximo: 1 colher das de sopa
Mínimo: 1 colher das de chá. Toma-se o óleo lentamente, sem esforço e sem precipitação, o qual será sorvido pela boca, bochechando entre os dentes durante 15 a 20 minutos. O óleo não pode de modo algum ser engolido.
No começo ele está consistente, mas depois torna-se mais fluido e aí deve ser cuspido fora.
O líquido cuspido fora deve ser branco como o leite. Se ainda for amarelo é sinal de que o bochecho foi curto demais. Depois de cuspir, a cavi­dade da boca deve ser lavada com água várias vezes e deve-se limpar os dentes com escova. O líquido cuspido fora é muito venenoso, por isso deve-se limpar bem e desinfetar a pia ou o vaso. No líquido cuspido fora estão grande quanti­dade de bactérias, várias excitações de doenças e outras substâncias nocivas. Examinando uma gota desse líquido no microscópio (aumentando 600 vezes) poderíamos ver uma espécie de fibras movimentando-se. Justamente estas fi­bras são micróbios na sua primeira fase de desenvolvimento. É muito importante saber que durante o tempo em que se sorver e bochechar, a assimilação do nosso organismo se reforça e assim se pode chegar a um estado de saúde duradoura. Um dos efeitos mais extraordinários é a fixação dos dentes frou­xos, a melhora das gengivas sangrentas e os dentes tornam-se visivelmen­te brancos.
Para bochechar a melhor hora é de manhã, antes do desjejum. Para apres­sar o processo de cura pode-se repetir esse método 3 vezes por dia, antes das refeições, com o estômago vazio. Com isso o processo da cura será mais rápi­do e eficaz. Deve-se fazer o tratamento tanto tempo quanto for necessário para recuperar suas forças originais, o vigor e o sono tranqüilo. Depois de acordar não deve existir nenhum cansaço e não devem mais existir saquinhos de lágri­mas debaixo dos olhos. Deve-se ter uma fome sadia, um bom sono e uma boa memória.
Aqui talvez alguém poderia censurar de que no começo podia-se ter sofrido um agravamento aparente, o qual é possível com pacientes sofrendo de várias doenças. Isso acontece especialmente quando os vários focos de do­enças começam a ser expelidos, ou um foco inflamado da doença influencia outro, o qual futuramente causaria uma doença grave, ou mesmo a morte.
Não existe por isso nenhum motivo para interromper o processo de cura, também quando se percebe a temperatura mais alta, ou seja, febre. Uma deterioração é sinal de que a doença diminui e o organismo se restabelece. A própria cura só se faz durante o sorver do óleo. Quantas vezes por dia, cada um deve sentir. Doenças fortes, agudas, serão curadas em dois a quatro dias. Doenças crônicas precisam, às vezes, de um ano de tratamento.
Extraído do livro A Saúde brota da Natureza- Prof.Jaime Brüning-Edit.Gráfica Expoente

domingo, 23 de agosto de 2009

ERVAS ESPECIARIAS.









Açafrão:
1): O bem nosso, o gengibre dourado-curcuma uma raiz de gosto bem forte, usada depois de seca e moída, em pó, com açafrão o arroz e a galinha ficam não só uma delicia, como de um colorido lindo.



2) O outro tipo, Azafrán de la Mancha é ingrediente indispensável na paella (à espanhola), em risotos e sopas. Na Itália e na franca se usa muito também. Trata-se do pólen de lírios, que tem que ser colhido à noite, antes que as abelhas e passarinhos levem embora. Melho comprar em pistilo, pra evitar falsificação áque custa algo como R$50.00 a grama. Só a dificuldade de colher e quantidade de flores para produzir já fazem dele próprio requinte na cozinha.



Água de flor (de laranja): Muito usada no Norte para aromatizar tanto doces como salgados, fácil de encontrar em farmácias.

Aipo: da mesma família que o salsão, só que mais graúdo, com o talo branco mais rijo e mais grosso. Muito bom nas saladas frescas, maioneses, sucos, canapés, ensopados e sopas. Muito usadas na Europa e Estados Unidos são as semente para temperar assados, sopas, picles e saladas.

Aipo marrom ou sal de aipo: aromatiza o sal. Usado em pratos com ovos, aves, saladas de batatas, atum, e cozidos com carnes e vegetais. Fica ótimo em drinks como 'bloddy mary' e sucos de tomate.

Aji-no-moto: realçador de sabor em pó que intensifica o sabor natural dos alimentos. Muito usado na cozinha oriental e bastante divulgado na cozinha por aqui. . Usa-se no preparo, ou polvilhado depois nos pratos prontos. Ao contrário do que muitos pensam, 'AJI-NO-MOTO' não é sal e, portanto, não possui a propriedade de salgar.. Recomenda-se o uso de até metade da quantidade que for adicionada de sal.

Alcaparra: uma folhinha de cujo botão se faz o tempero. Facilmente encontrada em vidro, conservada em sal e vinagre. Bom em saladas, pratos de carne diversas, peixes e frutos do mar, molho e pizzas. Indispensável para o 'beef-tartar'. Para os molhos, as mais valorizadas são as de tamanho pequeno, que não precisam ser picadas.Ao contrário, da maioria dos temperos, as alcaparras guardam seu aroma e seu sabor depois do cozimento e se misturam muito bem com a cebola e azeitona para caracterizar os pratos mediterrâneos.

Alcavaria: as folhas novas são usadas para enfeitar vegetais cozidos. As folhas e as hastes mais lisas podem ser consumidas em saladas ou cozidas com outros vegetais.

Alecrim: Folhinha de perfume doce e fresco, que vai muito bem no preparo de carnes, ensopados (carneiro fica sensacional), aves, peixes, molhos e sopas (principalmente a de ervilhas), omeletes, patês, beringela, batatas, couve-flor, pães, sucos e saladas de frutas. Como suas folhas pontiagudas são ruim de mastigar (e ficam ainda mais duras quando secas), esta erva é usada durante o cozimento e depois retirada da comida. As folhinhas secas bem masseradas, passadas em carne de porco ou galinha, antes de assar, dão um toque especial. Ótimo no churrasco quando salpicado sobre o carvão. Um pouquinho também no nosso bolo de fubá, mas com calma que o alecrim e forte. Use o galhinho para decorar o prato que for feito com essa erva.

Alfavaca: esta folhinha e o melhor tempero para peixes, carnes e aquele arroz que se cozinha com um tablete de caldo de carne. Duas folhinhas bastam. É meio parente do manjericão, porém mais saborosa. Fácil de se ter em casa plantada. Pode-se deixar secar as folhas e guardar em vidro.

Alho: Qualquer principiante sabe o que é alho. Tem gente que diz que não gosta, mas o alho é essencial em praticamente tudo o que se faz salgado. O segredo é usa-lo com exatidão. Na dose certa, o paladar mais implicante não vai reclamar- só vai sentir que esta bom. Elemento fundamental na vinha d'alhos, é claro.

Alho Poró: É o alho verde, com bulbos e folhas grandes. Meio parecido com a cebolinha, só que bem maior. Bom para o preparo de sopas, ensopados e saladas.

Allspice: Nome inglês para a pimenta-da-Jamaica. Uma frutinha muito saborosa, misto de cravo, canela e nos-moscada. Usada em pó, é um tempero gostoso e versátil, que valoriza salgados ou doce, bolos ou pães. Especialmente indicada para sopas, ensopados, carne de panela, molhos, bolos de frutas e bebidas quentes, tipo grog.

Anis: Aneto erva-doce, tudo é a mesma coisa. As sementes são temperos típicos para nossos bolos e broinhas de fubá. E para o quentão. Usadas com sabedoria melhoram sopas como o ``borsch``, creme de tomate e pratos de peixe. Use também em pasta de queijo. As folhas, como as sementes, dão um chá muito tranqüilizantes. Nem é preciso falar no licor.

Anis Estrelado: o anis estrelado é da família da magnólia. Quando seco possui cor marrom e sabor picante.

Arruda: Muitos gostam de plantar um pézinho no quintal para tirar o mau olhado. É folha bastante aromática, que se pode usar para temperar assados e saladas. Mas o paladar é forte. Há quem não goste. Tem que ser usada com calma.

Artemista: O folclore a descreve como erva-dos-cem-gostos.Mais conhecida como sálvia.

Basilicão: Pouca gente conhece, poucos sabem usar. O sabor e o aroma são bastante fortes, ma vale a pena experimentar ate acertar, porque é tempero excelentes para molhos e massas. No carneiro fica espetacular.

Baunilha: tempero liquido (que pode ser extraidos de vários tipos de trepadeiras, gênero vanila) muito aromático, para doces. Indispensável em cremes, pudim de pão e sobremesas. Serve também como aromatizante para vinhos, cafés e chocolates.

Bouquet garni:

Canela: É a casca de um a arvore. Usada em pedaços ou em pó tem sabor e aroma forte. Convém não exagerar. Indispensável no quentão e no ponche de vinho quente, em pedaços. Em pó, especialmente empregadas em bolos, doces, pães, tortas. A doçaria brasileira indica para polvilhar em cremes, compotas. Bem usada é ótima para temperar carne de porco, presunto (tipo à Virgínia) e caças.

Capuchinha: É uma erva originária do Peru. No século XVII, ela foi introduzida na Europa e acabou fazendo muito sucesso, nao só pelos seus ploderes medicinais, mas também pela sua aplicaçao na culinária. As folhas e flores sao usadas empanadas ou em saladas frescas; os frutos sao usados no preparo de picles; os botoes florais servem para substituir a alcaparra e sao usados em conservas de vinagre e sal para temperar saladas e verduras cruas.

Cardamona: Sementinha que tem gosto de gengibre. Muito usada, principalmente em molhos cremosos doces, aves assadas, pães, sopas.Existe em três cores; verde, marrom e branco, mas no Brasil só chega o branco. Para usá-lo você deve abrir as sementes e moe-las. É vendida também em vidros já moída. Serve para aromatizar chá ou café, neste caso, coloque na xícara cápsulas fechadas. A planta também é decorativa. Tem flor cor-de-rosa muito bonita.

Cebola: Não e preciso dizer nada. Nenhuma cozinha pode passar sem ela.

Cebolinha: Um dos cheiros verdes. Parente da cebola, mesmo sabor, mesmo aroma, mas bem mais fraco, não deve faltar nos refogados, molhos, vinhas d'alhos e saladas. Vai bem ate em pastas de queijo, ou, bem picadinha, polvilhadas em pratos de forno.

Cerefólio ou Cerefolho: Parecido com a salsa, mas mais suave, pode ser usado com ela, para salpicar em molho ou assados (especialmente nos peixes) antes de ir ao forno. O francês não despensa na sua celebre omelete ``aux fines herbes``.

Chilli: Só para não ficar fora da lista. Muito usado no México. E um pó vermelho, feito principalmente de diversos tipos de pimentas, páprica e cominho.

Coentro: Da família dos cheiros verdes, parente da salsa, com sabor e perfume mais estimulantes. A folha e indicada para pratos de peixe e frutos do mar, principalmente no Norte. A semente inteira é usada no preparo de ponches, pickles, doces e no café. Industrialmente utilizada na produção de salsichas, linguiças e mortadelas. A semente moída, esfregada em carne de porco ou frango, antes de assar, é sensacional; bom também para molho de carnes.

Colorau: O mesmo urucum que os índios usam para tingir a pele. O pozinho extraidos de sementes da uma cor muito apetitosa ao arroz, molhos e carnes. A maneira mais fácil de usar o colorau em casca é deixar a semente em infusão no óleo. Umas gotinhas e pronto. Ou então compra-la já industrializado. Nas feiras é vendido solto. A planta no jardim fica superdecorativa.

Cominho: As folhas são bastante aromáticas, é um tempero importante na cozinha nordestina. Boas para tempero de carne, peixes, aves e carneiro. Vai bem ate no feijão. As sementes moídas são muito usadas para tempero de picles. Experimente antes de usar, pois o gosto é forte. Usado para pe4rfumar pães, é adicionado diretamente à massa.

Cravo: Todos conhecem. Semente, com o cabinho, é decorativa, aromática no ``tendermade``. Bom para doces brasileiros e compotas. Em pó, menos conhecido, tem sabor forte, ao mesmo tempo doce e picante. Tem que ser usado com moderação. Em bolos de carne, caldos, ensopados e kibes

Curry: Ou caril. Originário da Índia. É uma misturinha de vários temperos e condimentos. Em pó, muito picante, parece bastante em cor com o nosso açafrão em pó. Muito usado em pratos de carne, aves, peixes, molhos. Também em arroz, sopas, cremes.

Endro ou Dill ou Aneto: Outra planta pouco conhecida.A tradução no ingles de Dill é nome dado as sementes do Aneto. Aparentada também com a erva-doce. Vai muito bem em peixes e sopas. Excelente para conservas de pepinos, pimentão e picles molhos, saladas de batatas, marinados, picles, carnes, pães, massas, queijos e compotas.

Erva-doce: O mesmo que anis. Um lembrete: se você gosta de fazer picles, experimente colocar um galhinho junto, à moda européia. Muito utilizada no preparo de biscoitos, bolos, bolachas, pães, queijos, molhos para saladas, frutas em calda, peixes e frutos do mar.

Estragão: As folhinhas são muito parecidas com as de erva-doce. Perfeito para o tempero de porco, galinha, ovos, peixe. Dá um sabor essencialíssimo a molho de saladas à base de vinagre, sopas e pasta de queijo. Ótimo bem picadinho junto com manteiga derretida, para derramar sobre aspargos, vagem, beterraba, ervilha ou espinafre. Ou ainda para passar sobre bifes prontos. Um conselho: se você experimentar, vá aos pouquinhos, pois tem sabor muito forte.

Funcho: Também da família da erva-doce ou anis. As folhas temperam bem peixes, algumas sopas (os franceses acham indispensável para a ``bouilabaisse``). Também da licor. Usa-se o bulbo para fazer saladas.

Gengibre: Erva muito usada na cozinha brasileira, principalmente no Norte. Ralado é imprescindível no vatapá, por exemplo. Da um gostinho especial para pratos de carne moída, peixes e camarão. Mas cuidado que é forte, doce e picante (lembre-se do nosso quentão). É muito usado em pó, principalmente na Europa e Estados Unidos em doce, bolos e pães. Excelente no preparo de conservas, picles, ``chutneys``.

Gergelim: Sementinhas com sabor muito semelhante ao das amêndoas. Muito usado na cozinha árabe. Bom para acrescentar à massa de pãezinhos, certos bolos, biscoitos. Fica ótimo polvilhado sobre galinha, peixe ou macarrão, antes de ir ao forno. Em pães, pãezinhos, biscoitos ou roscas, também o gergelim da um óleo com alto teor de gordura.

Hortelã: Existem algumas variedades. A mais conhecida é aquela plantinha rasteira. Suas folhinhas aromáticas são geralmente usadas frescas. Mas podem ser guardadas frescas também. Excelentes no tempero de molhos para saladas, sopas, carne, peixes. Muito popular na cozinha árabe. Gostosa em refrescos e complemento de drinques (mint julep). Faz licor saboroso para se tomar com gelo moído. Vai bem em geléias também.

Louro: Outra folha essencial para vinha d'alhos, extremamente aromática, deve ser usada em pequenas quantidades . Há quem goste no feijão e algumas verduras. Vai bem em molhos (de tomate inclusive), assados, ensopados e conservas. Seu óleo essencial é liberado lentamente, o que o torna mais adequado a cozimentos longos. A folha deve ser retirada antes de servir a comida, pois ela é muito ruim de mastigar.

Macis: Da casca que envolve a semente da noz moscada se extrai este óleo, usado no preparo de certos tipos de chocolates. Um pouquinho da ótimo sabor a molhos, pirão de batata, verduras, pratos com queijo aves vitela e lombo. Vai muito bem na vinha d'alhos. Umas gotas na massa de bolo e pudins: ficam mais gostosos.

Manjericão: Tempera muito bem carnes, assados e alguns tipos de conserva. Genial em peixes e camarões, ovos, queijo, tomates recheados. Pode ir ao vinha d'alho; sabor e aroma fortes. Principal ingrediente do molho ao pesto, sem ela a pizza não seria marguerita.
Vá com calma até conhecer bem. Tenha sempre um pé no vaso ou no quintal.

Manjerona: Pouco mais suave que a alfavaca, e da mesma família do orégano, porém possui um aroma mais delicado e refinado, sendo levemente adocicada. Quando fresca apresenta um sabor mais suave e deve ser acrescentada no fim do cozimento, para que sua frágil essência não se dissipe. Seca fica um pouco mais picante e deve ser adicionada cinco a dez minutos antes do prato ser servido. Excelente em pratos de carne, peixe, camarão, molho. Essencial na vinha d'alhos. Dá um gostinho especial ao molho para saladas, verduras refogadas, omeletes, caldo de carne, ensopados, cogumelos. As folhas secas também são usadas para o mesmos fins. Parece um pouco com orégano.

Melissa: Da família da erva-cidreira. Água de melissa sempre se usou para acalmar os nervos. Mas é também um tempero aromatizante. Um pouquinho em caldos e carnes dá certo.

Mostarda: Da semente se faz um pó que pode ser usado assim mesmo, ou então, em pasta com vinagre e temperos. Ideal na maionese e molhos para salada (principalmente de batatas). Tempera muito bem carnes. A semente pode ser usada para dar gosto em conservas e picles.Tipos de Mostarda:
Mostarda em pó - é uma mistura de farinha de mostarda, feita com sementes de mostarda e farinha de trigo. Pode-se também adicionar cúrcuma. Muito picante é tradicional na Inglaterra. É usada no preparo de mostarda em pasta e para temperar maionese.
Mostarda com pimenta verde - elaborada a partir da Dijon, as mostardas temperadas podem ser encontradas com pimenta verde, estragão ou ervas de Provence, entre outras. São indicadas para molhos.
Mostarda granulada - também conhecida como mostarda à antiga (à l´ancienne) é elaborada com grãos inteiros de mostarda castanha (clara e torrada). É agradavelmente picante e indicada para acompanhamento de carnes frias. Combina também com aves e peixes.

Mostarda com estragão - elaborada a partir da Dijon, é indicada para carne de porco.

Mostarda preta ou escura - de sabor bem característico, é elaborada com sementes de mostarda, açúcar caramelizado, raiz-forte ralada, vinagre de vinho e especiarias. Produzida na Alemanha, é indicada para acompanhar salsichas e carnes frias.

Mostarda Dijon - originária de Dijon, na França, é preparada a partir de sementes de mostardas moídas e misturadas em vinho branco, vinagre e ácido cítrico. Suave, é indicada para molhos de saladas ou para acompanhar carnes frias.

Sementes de mostarda negra - originárias da Índia são mais picantes do que as mostarda castanha. Na culinária indiana, costuma-se fritar as sementes para que seu sabor seja mais acentuado. São utilizadas no preparo do curry.

Sementes de mostarda castanha - mais suaves que as mostarda negra, são usadas na composição de temperos na Europa e nos Estados Unidos. Podem ser usadas em molhos. No Brasil, são vendidas como mostarda em grãos.


Noz-moscada: tem um cheiro muito gostoso, em semente ou pó. O melhor é ter a semente guardada em vidros e ralar na hora: conserva o aroma e o sabor. Mais usadas em bolos, doces, sobremesas, não só na massa, como um pouquinho polvilhado em cima, no caso de cremes feitos em banho maria. Formidável para tempero de carnes, ou qualquer receita de carne moída. Ideal para molho bechamel e em bebidas, com leite quente ou gelado. ë imprescindível nos pudins de pão.

Orégano: Esse, todos conhecem: é o ``best-seller`` dos temperos, não ha pizzas que preze sem ele. Vai muito bem em carnes, molhos para bifes, ovos, queijos, cebolas, aves, peixes, frutos do mar, saladas (tomates, cebola em rodelas, óleo, vinagre, sal, pimenta do reino e, lógico o próprio orégano). Pode ser usado seco ou fresco.

Papoula: Sementes bem miudinhas, crocantes e saborosas, que, polvilhadas em cima de pães, bolos, bolachas, antes de ir ao forno, é sensacional. Na massa de pudins, pães e tortas. Ou junto com manteiga derretida, para assar batatas, cenouras, ou ainda macarrão de forno. Usada em salada, salgadinhos de queijo, salada de frutas e compotas. Dá um recheio diferente para bolos, misturando um pouquinho com mel e uma colheradas de caldo de limão.

Páprica: Pó extraído do pimentão doce vermelho, muito usado na cozinha húngara. Dá cor e sabor. Experimente com calma antes de aderir. Em galinha, bolo de carne, 'goulash', guisados ou ensopados, alguns molhos.

Pimentas: São muitas, usadas em grão ou ao natural.

Pimenta Caiena: Essa é vermelha e bastante ardida. Mas é ótima para peixes e molhos.

Pimenta Chilli: Extremamente picante, é utilizada no preparo de pratos mexicanos e italianos. Ideal para sopas, cremes, molhos cremosos e de tomate, frutos do mar, carnes, aves, vegetais e coquetéis.

Pimenta Cumaí: Redondinha, verde, dizem que não faz mal a ninguém.

Pimanta da Jamaica: Vai bem em temperos de carnes de todos os tipos. Logo, ótima na vinha-d'alhos.

Piment de Cheiro: Vem da Bahia. Redondilha, vermelha, é bem ardida, mas bastante perfumada também.

Pimenta do Reino: Internacionalmente conhecida. Essencial em toda cozinha, pouca coisa a dispensa. Há duas espécies: a preta, mais forte e a branca, mais suave um pouco.

Pimenta Malagueta: Vermelha ou verde, comprida, das mais ardidas. Usada em assados, churrasco, catchup, molhos chili.

Pimenta Rosa: Misturada à do reino preta, branca e verde, decoram e confere sabor delicado a saladas, molhos, grelhados e frutos do mar. Deve ser usada com moderaçao, pois seu sabor predomina sobre o sabor de outros tremperos.

Raiz-forte: Vem do Oriente. Muito usada na cozinha russa, encontra-se ralada, em vidro. Picante, dá um gosto bom a molhos, churrascos e assados.ideal no preparo de sushi e sashimi.

Rosmaninho: De origem portuguesa. Não é fácil encontrar. Valoriza muito os molhos especialmente para saladas e carnes. Vai bem na vinha-d'alhos.

Salsa: Cheiro-verde, de todos, o mais conhecido e usado. Há dois tipos: a salsa de folhinhas crespas (ou salsa-musgo) que enfeita qualquer prato, além de temperar; também é colocada em sopas, assados, risotos (batidinha na manteiga para passar em batatas cozidas, ou em omeletes, é essencial). A salsa de folhinhas lisas tem sabor um pouco mais forte. Qualquer das duas pode ser usada em temperos de carnes de toda a espécie, em sopas refogados, pratos de forno, farofas, pastas de queijo, verduras, molhos. Tanto no preparo, como picadinha e salpicada por cima depois.

Salsão: Tem sabor mais agreste que a salsa. Em sopas e cozidos fica ótimo.

Sálvia: Folha de sabor forte, muito popular na Itália. Bem aproveitada aqui também em farofas para rechear frangos, peru, pato. Mas é bom usar devagar, senão seu sabor dominará tudo. A mais famosa receita onde é usada é o Saltimboca à Romana, experimente! Indicada também em cremes, molhos de tomate, queijos, em massas com manteiga, batatas, biscoito e chá.

Segurelha: Aromática e picante também deve ser usada de leve. Em sopas de ervilha, lentilha, feijão. Dá um gostinho bom em suco de tomate. Vai bem, mas pouquinho, no tempero de carne de porco, frango e peru. Faz parte da vinha-d'alhos

Tomilho: aromatizante de sabor forte. Deve ser igualmente usado com muito cuidado, mas vale a pena experimentar em molhos, assados, peixes, sopas, recheios para aves. Sensacional para peixe, lagosta e camarão. Melhor ainda em carnes, principalmente de porco: esfregue um pouquinho macerado junto com sal e pimenta-do-reino.
Vinha D'álhos: É um tempero preparado para deixar carnes, aves e peixes de molho de véspera, para tomar gosto. É constituído por uma mistura de vinho ou vinagre, alho, cebola, louro, sal e pimenta.

Zimbro: Esse é um grãozinho quase desconhecido. Os pequenos frutos secos macerados e destilados dão a bebida chamada genebra. Valoriza bastante temperos de carnes. Como a vinha-d'alhos.